De simples aventureiros a príncipe e empresários, Alter do Chão fascina e encanta a todos.

Alter do Chão é a mais bela praia de Santarém e também a mais bela praia de água doce do Brasil. 

Um verdadeiro pedaço de paraíso no coração da Amazônia, de águas claras e transparentes e de areias alvas e finíssimas que a fazem semelhante às praias tropicais do Caribe.

Um encanto sem igual que fascina muitos viajantes e visitantes: personagens famosos, como o príncipe Charles da Inglaterra a empresários como Bill Gates e muitos outros  famosos ou simples aventureiros.

O príncipe não resistiu aos encantos do Carimbó, uma dança típica da região.

Anualmente no mês de outubro, na Vila de Alter do Chão em Santarém, chegam mais de 20 veleiros que procuram sair das rotas convencionais de navegação. É o Rallye Transamazone cujo principal objetivo é conhecer os encantos da Amazônia.

O Rallye dura sete meses e os participantes, a maioria são europeus. Mas o Brasil  também marca presença.

O comandante paranaense Hamilton Grassi é apaixonado por navegação. No barco Piatã ele desbrava lugares e se deslumbra com novos visuais. Para ele é maravilhoso viajar nessa região, pois acima de tudo adquire conhecimentos sobre o povo e a cultura local.
A vida nos veleiros é bem parecida com a rotina diária. Todas as tarefas domésticas devem ser feitas normalmente e os raros momentos em terra firme são aproveitados para conhecer as maravilhas de cada ponto da viagem. O artesanato e culinária 
da vila são atrativos especiais aos velejadores. O Pará já faz parte da rota há nove anos e o que mais atrai os aventureiros é a hospitalidade do povo e as belezas naturais, principalmente a praia de Alter do Chão.
Nas palavras de Grassi: “é um mini paraíso”
 

Alter-do-Chão recebe a cada ano mais de 20 veleiros que participam do Rallye Transamazone, cujo principal objetivo é conhecer os encantos da Amazônia.

 
A corrida de aventura denominada "Maratona na Selva" realizada anualmente durante o mês de outubro, na Floresta Nacional do Tapajós a cada edição recebe maior  partircipação de atletas de vários países.
A largada aventurosa começa na localidade de Itapuama, no município de Aveiro e passa por algumas comunidades no município de Belterra, totalizando um percurso de 200 Km, com a chegada na Vila de Alter do Chão. Durante o percurso cada competidor é monitorado por uma equipe médica formada por profissionais ingleses e brasileiros, inclusive de Santarém. Ao final de cada estágio que varia de 30 a 80km, os atletas utilizam e  compartilham acampamentos construídos pelos comunitários.
É obrigatório que cada competidor carregue seu próprio equipamento que inclui: alimentos e kit de primeiros-socorros durante todo o percurso da Maratona na Selva.
A participação de mulheres na maratona cresce a cada ano, além atletas de renome nacional como os irmãos Marcio Villar e Jaquelino Terto, e internacionais como o sul-africano Ryan Sandes e o espanhol Salvador Calvo.
 

A cada ano cresce o número de aventureiros nacionais e extrangeiros que participam da Jungle Marathon, a maratona de selva realizada na Amazônia. Um contato íntimo com as belezas naturais.

Bill Gates, o milionário da Microsoft, também visitou a Amazônia.

This entry was posted in Turismo. Bookmark the permalink.

Comments are closed.